Após ser torturado por marginais, homem de 39 anos está na UTI em estado grave

Por Redação / VIA41
10/12/2019 - 10:29

Foto: Tássio Loureiro / VIA41

Um ajudante de pedreiro de 39 anos se encontra na UTI do Hospital Geral de Eunápolis em estado gravíssimo, após ser mantido em cárcere privado e torturado por bandidos durante uma tentativa de latrocínio. 

De acordo com o registro policial, o caso ocorreu no dia 30 do novembro. A vítima ficou 24 horas nas mãos dos bandidos e foi deixado na porta de casa com vários ferimentos.

A vítima ficou em casa recebendo os cuidados dos familiares, mas infelizmente o estado de saúde do ajudante de pedreiro se agravou e no último domingo (08), o mesmo foi conduzido com urgência para o hospital onde teve que ser internado de imediato na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde corre sérios riscos de morte. 

Nesta segunda-feira (09) a Polícia Civil de Eunápolis tomou conhecimento da situação e o caso será investigado. 

AVISO: Ao publicar nesta página você assume total responsabilidade pelo conteúdo do seu comentário.