Polícia Civil elucida homicídio em Arraial d´Ajuda

Foi preso em menos de 24 horas que cometeu o crime.

Redação / VIA41
09/03/2018 - 01:13

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Após o crime de homicídio registrado na madrugada desta quinta-feira (08), em Arraial D’ájuda, distrito de Porto Seguro, onde vitimou Josué Carlos da Silva, em sua própria residência a golpes de faca, a Polícia Civil deu início a um trabalho de investigação que chegou no autor do crime em menos de 24 horas.

Os agentes investigativos conseguiram prender Mateus dos Santos Oliveira de 18 anos, próximo à Embasa, no centro de Arraial D’Ajuda, que em seguida confessou a autoria do homicídio, levando os policiais à casa de um irmão, local onde escondeu a arma utilizada na ação delituosa, uma “faca”. 

Em seu interrogatório, o preso alegou que praticou o crime porque a vítima, além de ter agredido o pai do autor, tentou estuprar sua irmã, que registrou ocorrência na Delegacia Especial de Atendimento à mulher de Porto Seguro há cerca de uma semana. 

De acordo com a polícia, Mateus reside em Vitória/ES e estava no Arraial D’ájuda há 15 dias. Durante as investigações os policiais constataram que Mateus estava em liberdade condicional, acusado de crime de furto, preso em flagrante em dezembro de 2017 na 123.ª Delegacia de Polícia de Macaé/RJ. 

AVISO: Ao publicar nesta página você assume total responsabilidade pelo conteúdo do seu comentário.